Durante a segunda Sessão Extraordinária vereadores aprovaram o aumento da alíquota de contribuição previdenciária do FAPEN de todos os servidores de 11% para 14%. O prazo para realizar a alteração tinha expirado em 31 de dezembro de 2020. Sem a aprovação da lei a cidade ficaria engessada sem poder receber recursos federais.

O aumento da alíquota previdência para 14% é uma exigência da Reforma da Previdência estabelecida por meio da emenda constitucional 103/2019. Ela torna obrigatória a alteração da alíquota para o mesmo percentual que a união cobra dos servidores públicos federais.